21.8.17

Peito de pato fácil (com laranja)

Pato com laranja

Cozinhar carne é sempre um desafio: escolher o melhor corte para a receita, acertar no ponto de cozedura e servir o prato com os acompanhamentos adequados. Durante anos, pato nunca foi opção nos cozinhados cá de casa, fruto de receios múltiplos ou mero desconhecimento. Talvez porque nos habituámos à perna de pato confitada tão característica dos bistrots parisienses, passámos a associar os pratos de pato a viagens a França e a momentos de lazer. Quando o desejo aperta e estamos em casa, nada como encontrar alternativas fáceis que nos levam para outras latitudes. E se fizéssemos um pato com laranja?

Os clássicos da cozinha francesa são por vezes difíceis de preparar mas pato com laranja é bastante simples. Tradicionalmente assado no forno e servido com um molho de sabores agridoces, numa combinação pouco comum na comida gaulesa, para o Canard à l'Orange usa-se muitas vezes a ave inteira. Mas está demasiado calor para ligar o forno e os assados são sempre mais indicados para o Inverno...

a olhar para cima Pato com laranja

Em momentos de indecisão quando se trata de cozinhar carne, nada como recorrer ao fiel Optigrill + da Tefal e trocar o pato inteiro pelo peito. Sem pensar muito e confiando que o grelhador determina automaticamente o tempo necessário para ficar com uma carne mal passada, é o molho que requer toda a atenção do cozinheiro. Com a inspiração em Trish Deseine e no seu livro de clássicos e novos clássicos da cozinha francesa, o molho com um base de caramelo amargo a que se junta sumo de laranja fica feito enquanto a carne grelha.

Para acompanhar esta combinação rica, batatinhas novas cozidas e favas com hortelã são a sugestão. Puré de batata ou legumes ao vapor são igualmente possibilidades, desde que sirvam de companhia ao delicioso molho e aos sabores fortes do peito de pato. Bom apetite!

Pato com laranja



Peito de pato com laranja

serve 4

2 peitos de pato médios (do tamanho igual)
1/2 colher (chá) tomilho seco

para o molho de laranja:
1 colher (sopa) açúcar branco
1 colher (sopa) água
raspa de 1 laranja
200 ml sumo de laranja, acabado de fazer
1 colher (sopa) manteiga
2 colheres (sopa) sucos e gordura do pato
pimenta preta moída na altura

Tempere os peitos de pato com sal e o tomilho dos dois lados. Reserve no frigorífico 2 horas. Retire 30 minutos antes de cozinhar. Seque bem com papel de cozinha.

Ligue o Optigrill + da Tefal, seleccione o programa "Frango" e pressione "OK". Aguarde pelo pré-aquecimento. Quando a luz ficar fixa e emitir o sinal sonoro, coloque os peitos de pato com a pele para baixo na grelha, pressione ligeiramente e feche a tampa. Cozinhe até que a luz indicadora tenha mudado para a cor amarela.

Prepare o molho, colocando o açúcar e a água numa caçarola e deixando em lume brando até ferver. Mexa ocasionalmente agitando a caçarola (não use utensílios para não cristalizar). Mantenha uma atenção permanente nesta fase e assim que começar a caramelizar, desligue e reserve agitando novamente. Deixe arrefecer ligeiramente e com muito cuidado (afastando-se da caçarola) para evitar queimaduras deite pouco a pouco as duas colheres de sucos e gordura do pato, recolhidas do tabuleiro. Junte o sumo e raspa de laranja e leve ao lume para ferver e reduzir (2-3 minutos). Desligue e reserve.

Quando soar o aviso sonoro de que a carne está mal passada, retire os peitos de pato para um prato, com a pele para cima. Finalize o molho com a manteiga (fora do lume) mexendo até derreter completamente. Tempere com sal e pimenta preta e mexa novamente. Fatie os peitos com uma faca afiada e distribua pelos pratos. Regue com o molho generosamente e sirva com batatinhas e favas cozidas e hortelã picada.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!