4.5.17

Tarte de cogumelos em massa de arroz (e uma cerveja feliz)

Tarte de cogumelos e arroz (para uma cerveja)

Escolhe-se a bebida em função do que vamos comer ou o contrário? A pergunta parece decalcada da recorrente inquirição aos músicos sobre o que vem primeiro, se a melodia, se a letra. Esgares e expressões de tédio quando se trata de explicar, uma e outra vez, que... depende. Confesso que a ditadura do prato determina muitas vezes o que acompanha no copo, ao sabor dos desejos dos comensais e da inspiração do momento, com o meu cara-metade a demonstrar amiúde o seu grande amor pela cerveja.

Das questões mais repetidas cá em casa é o que vamos beber ao almoço. Num dos últimos fim-de-semana, escolhemos em uníssono uma cerveja Dois Corvos. A Creature IPA tem um rótulo bonito e original e vem com a promessa de ser uma cerveja feliz. Por nós, ficámos também do lado solar com a sua companhia à mesa e a combinação com a tarte de cogumelos. Muito gastronómica, são as notas cítricas que primeiro chegam que melhor par fazem com a fatia que espera no prato ao lado das cenouras. Depois vem todo o frutado e finalmente o registo pouco amargo que a torna perfeita para a ocasião.

Tarte de cogumelos e arroz (para uma cerveja)

Da receita de hoje fica a descberta de uma alternativa fácil às bases de tarte feitas de farinha e gordura. O arroz integral é o ingrediente que assume protagonismo e com um pouco de queijo e ovo para ligar cobre a tarteira que há-de receber o recheio de cogumelos que passaram previamente na frigideira. Com o tempo às caretas, entre o sol aberto e a chuva prometida, é ligar o forno e fazer esta tarde. Sem complicações, é garantia de refeição completa com a vantagem de ser uma proposta vegetariana. O cebolinho não é essencial mas torna tudo mais bonito e as flores que agora despontam são comestíveis. E deliciosas!

Com a cerveja perfeita a acompanhar, deixo-vos mais uma ideia para almoços sem esforço e com total sabor.

Tarte de cogumelos e arroz (para uma cerveja) Tarte de cogumelos e arroz (para uma cerveja)



Tarte de cogumelos em massa de arroz

serve 6-8

para a base:
200 g arroz integral
30 g parmesão ralado
1 ovo batido
1 colher (chá) raspa de limão

para o recheio:
200 g cogumelos frescos (marron, pleurotos, etc.), fatiados
1 cebola grande, picada
1 dente de alho, picado
2 colheres (sopa) azeite
1 colher (sopa) tomilho limão (só as folhinhas)
3 ovos grandes, batidos
200 ml nata ligeira
sal e pimenta preta
1 bola de mozzarella, em fatias
cebolinho picado, para servir

Coza o arroz integral em água com sal, 20-22 minutos, de acordo com as instruções da embalagem. Escorra, espalhe numa travessa e deixe arrefecer. Pré-aqueça o forno a 180ºC. Prepare uma tarteira de 24 cm de diâmetro, pincelando com um pouco de azeite. Faça a base misturando o arroz com o queijo, a raspa de limão e o ovo. Espalhe pelo fundo e paredes da tarte para cobrir e com a ajuda de uma colher agregue o arroz de maneira a criar uma base que contenha o recheio. Leve ao forno 20 minutos para dourar.

Numa frigideira larga, aqueça o azeite com a cebola e o alho. Junte os cogumelos e o tomilho, tempere com sal e pimenta preta e deixe cozinhar 2 minutos. Retire do lume e reserve. Bata os ovos com as natas e misture com os cogumelos mexendo sempre. Retire a tarte do forno e verta o recheio. Disponha o queijo e leve ao forno 25-30 minutos ou até estar cozinhado. Sirva polvilhado com cebolinho picado.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!