1.11.13

Pavlova de coco e ruibarbo e 6 anos de gourmets amadores

Pavlova

De mansinho instala-se a vontade. Sem razão para além da fútil ideia de imortalidade. Como registo, para guardar para sempre as memórias, as experiências, as emoções e aprisionar os sabores, os aromas e o prazer da mesa. Depois toma forma e instala-se no nosso quotidiano, como se fosse seu. Senta-se à mesa connosco, atrasa-nos os dias, prolonga as conversas. Faz-nos felizes. Existe para além desta existência digital sem corpo palpável. Talvez as palavras sejam demasiado simples para expressar o que de facto esta criatura representa. Manter um blog é quase um exercício de fé. É acreditar que ali se constroem pontes entre lugares distantes e se ganha a eternidade. Nem que seja apenas por uns minutos.

6 anos. Meia-dúzia. Juntem-se à festa. Sejam servidos. Um blog é apenas de quem o lê, das pessoas a quem chega, dos sorrisos que consegue provocar.

são rosas ruibarbo e laranja

Uma pavlova é sinónimo de mesas bonitas e própria de dias de festa. Inúmeras discussões sobre a origem da criação e nenhuma dúvida sobre a sua beleza. Resta-me combater o medo dos merengues achatados e seguir em frente. Trancas ao forno e a mais linda a repousar e arrefecer durante a noite. Acordo para a recompensa de um merengue alto. Temos sobremesa!

Doce, ácido, fofo e estaladiço. Cada colherada é um fogo de artifício na boca. Cheia de opostos, (com sorte) equilibrada, esta é a sobremesa do ano. Pecaminosa q.b. Perfeita para hoje. Afinal 6 anos não se fazem todos os dias.

Pavlova



Pavlova de coco e ruibarbo
Adaptado de uma receita de Annabel Langbein, Cooking to Impress Without Stress

6 porções individuais

para o merengue:
4 claras de ovo grandes
pitada de sal
165 g açúcar granulado
1 colher (chá) amido de milho
1 colher (chá) vinagre de sidra
60g coco ralado

Pré-queça o forno a 180ºC. Forre um tabuleiro com papel vegetal e desenhe um círculo com aproximadamente 20cm de diâmetro. Vire o papel vegetal ao contrário para que a face desenhada Bata as claras com uma pitadinha de sal até começar a formar "castelos".
Aumente a velocidade e gradualmente adicione o açúcar granulado (uma colher de cada vez) até obter "castelos" firmes (cerca de 10 minutos). Não bata demais para o merengue não ficar seco. Junte o amido de milho, o vinagre e o coco sobre as claras e envolva delicadamente. Deite o merengue no papel vegetal e procure ocupar o círculo marcado. Leve ao forno por 5 minutos. Sem abrir NUNCA o forno, baixe a temperatura para 120ºC e coza mais 1 hora. Deixe arrefecer completamente dentro do forno, preferencialmente de um dia para o outro.

para o ruibarbo:
500 g ruibarbo, cortado em pedaços de 2-3 cm
80 ml sumo de laranja
125 g açúcar granulado

Pré-aqueça o forno a 200ºC. Disponha o ruibarbo num tabuleiro de forno. Polvilhe o açúcar e regue com o sumo de laranja. Leve ao forno 10-12 minutos ou até estar cozido mas não desfeito. Retire do forno, deixe arrefecer e reserve.
para montar a pavlova:
250 ml natas (usei Alpro para bater)
1 colher (chá) sumo de limão
2 colheres (sopa) açúcar
morangos e framboesas para decorar
açúcar em pó (opcional)

Bata as natas. Junte o açúcar e o sumo de limão e bata 2 minutos. Inverta a pavlova e cuidadosamente retire o papel vegetal. Deite duas colheres de chá de natas no prato de servir (uma de cada lado) e coloque o merengue em cima. Com uma colher grande deite as natas sobre o merengue. Em seguida disponha o ruibarbo, distribuindo sobre as natas de forma equilibrada. Decore com morangos e framboesas e polvilhe com açúcar em pó (se usar).

Sirva de imediato.

Pavlova

23 comentários:

  1. hummmmmmmmmm! Isso deve ser uma delícia. Pra comer com gosto.Linda apresentação!

    ResponderEliminar
  2. Parabéns! Pelo blog e pela receita maravilhosa :)

    ResponderEliminar
  3. Suzana
    Não sei exatamente o que te escrevi há um ano atrás, pelos 5 anos de blog. Mas, com toda a certeza, a ideia mantém-se. Para mim, uma referência, com o bom gosto de sempre, profundidade e versatilidade.
    A pavlova é para profissionais! A tua está absolutamente encantadora.
    É sempre bom vir à tua cozinha. (para o ano vou dizer sensivelmente o mesmo ;)
    Um abrço de bom fim de semana.
    Guida

    ResponderEliminar
  4. E o Gourmet Amadores traz-me sempre muitos sorrisos. Pelas receitas deliciosas que partilha connosco, pelos locais bonitos que visita, pelas fotografias em que as mãos estendem uma iguaria que quase podemos tocar, como se saisse do ecran e entrasse em nossa casa.

    Manter um blogue é de facto um acto de fé. E espero que continues tão fervorosa nos proximos 6 anos como até agora. É sempre um prazer vir aqui.

    E essa pavlova? Um pequenino pecado. Mas nós merecemos! :D
    Parabéns com desejos sinceros de muitos anos de vida.

    ResponderEliminar
  5. Tenho o mesmo medo dos merengues, que fiquem baixos e nada estaladiços. O teu está lindo :) Beijo

    ResponderEliminar
  6. Suzana
    Um beijinho do tamanho do mundo para este teu aniversário . Obrigado por nos presenteares com este lugar tão bonito, recheado de tantas emoções, tantos afectos e tanto aconchego.
    É bom saber que no meio da confusão e da corrida dos dias há um refúgio de portas abertas à nossa espera, o teu Goumets.

    Muitos beijinhos
    MM

    ResponderEliminar
  7. Ficou fantástica! Parabéns pelos 6 anos de dedicação e de lindas fotos!

    ResponderEliminar
  8. Já tive o privilégio de estar contigo. Desejo-te muitos parabéns e que tenhas muito sucesso e felicidades. As tuas fotos e receitas são um exemplo e uma inspiração.
    para mim. Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  9. Este blog é para mim uma inspiração. Parabéns pela preserverança, pelo requinte e bom gosto.
    A pavlova foi uma escolha muito interessante. Nunca fiz, mas saio hoje daqui com muita vontade.
    Parabéns pelo aniversário.
    Patrícia

    ResponderEliminar
  10. Querida Susana, só 6 anos? Porque para mim o teu blogue faz parte da minha blogosfera de receitas. Se há blogue que me dá fé nas coisas bonitas que esta pode gerar, é o teu. Gosto tanto, tanto!! :)
    Continua a dar-nos mais, ok? :) Bj grande
    P.S - Já disse que gosto mesmo tanto? :)

    ResponderEliminar
  11. Parabéns por estes deliciosos 6 anos de partilhas...
    Que venham muitos mais...pois é um prazer poder visitar-te...
    E a sugestão de hoje...perfeita...
    Gostei...
    Obrigado por partilhares...
    Um beijinho e bom fim de semana...

    ResponderEliminar
  12. Obrigada pelos 6 anos de sorrisos e deliciosas inspirações, parabéns e venham muitos mais.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  13. O teu blog faz parte de mim, ainda antes de ter o meu.
    E aquilo que dizes é mesmo verdade "Um blog é apenas de quem o lê, das pessoas a quem chega, dos sorrisos que consegue provocar" lindo e inspirador como sempre :)
    O que dizer mais? Parabéns pelos 6 anos.
    Gosto sempre e cada vez mais de por cá passar!
    E a pavlova, ficou perfeita! Adoro com o contraste do ruibarbo.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  14. O teu blog é também um bocadinho meu ;) Por isso parabéns a ti e a nós, que temos a sorte de te poder ler ;))) Que contes muitos mais!
    Babette

    ResponderEliminar
  15. Parabéns pelo excelente blog e pela maravilhosa pavlova!
    Com coco, ruibarbo e frutos vermelhos deve ser qualquer coisa...de divino!
    Estão sempre lindas as fotos!
    Bjinhoos

    ResponderEliminar
  16. Atrasada como sempre! Mas eu chego. PARABÉNS pelo EXCELENTE blog que ME FAZ SAIR DO FOGÃO, para vir ler suas palavras!!!!!! Adri, do ovos quebrados. Beijo

    ResponderEliminar
  17. Querida Susana
    Seis, meia dúzia e que venham mais, muitos mais desse teu trabalho tão bonito e inspirador!
    Beijo com saudades!

    ResponderEliminar
  18. Olha até me esqueci da pavlova linda! Quem me dera provar um pouquinho na tua companhia :)

    ResponderEliminar
  19. Muitos parabéns, Suzana.
    Que nos continues a deliciar por muitos mais anos.

    Um grande beijinho.

    ResponderEliminar
  20. Como tu já sabes e já te o disse pessoalmente mas volto a dizer.. Adoro o teu blog desde o primeiro dia em que o vi e sem duvida alguma que tens o melhor blog Português não tenho a mais pequena duvido por isso venham mais 6. um beijo

    ResponderEliminar
  21. Muitos parabéns e adorei essa pavlova para comemorar!
    Bjs, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/11/crumble-de-marmelo-com-aveia-e-nozes.html

    ResponderEliminar
  22. parabéns!
    amo pavlova. e essa está com um ar muito, muito apetecível :)
    uma questão... onde é que poso encontrar ruibarbo? ando à procura há muitos anos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara,

      Em Lisboa, costumo comprar ruibarbo no mercado do Princípe Real e nos supermercados biológicos quando está em estação (lá mais a partir de Maio, creio). Sei que por vezes também está à venda nos hipermercados mas é sobretudo a versão importada (mais vermelhinha e bastante mais cara). :)

      Eliminar

Obrigada pelo seu comentário!